sexta-feira, 7 de março de 2014

Senador diz que, onde não houver acordo, PMDB e PT poderão ter candidaturas autônomas

Presidente em exercício do PMDB, o senador Valdir Raupp (RO) reconheceu que as divergências entre seu partido e o PT, da presidente da República, Dilma Rousseff, prejudicam as votações no Congresso. Ele, porém, disse confiar no diálogo e esperar que as tensões entre as duas legendas, especialmente no Rio de Janeiro, onde são aliadas históricas, sejam superadas. Já o líder do PTB no Senado, Gim Argello (DF), reafirmou o apoio de seu partido ao governo, o que segundo ele deve ser confirmado em convenção partidária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário